SIGTÉRIO – Aplicação de Geotecnologias na Informatização de Cemitérios

SIGTÉRIO – Aplicação de Geotecnologias na Informatização de CemitériosAplicações do Geoprocessamento: Todos sabemos que a tecnologia SIG (Sistema de Informações Geográficas) possui uma infinidade de aplicações. Podemos citar, por exemplo: agricultura, segurança pública, saúde, gestão ambiental, turismo, planejamento urbano, climatologia, etc. Mas você já ouviu falar em aplicação de Geotecnologias, como o SIG, direcionadas a informatização de Cemitérios?

GEOPROCESSAMENTO PARA CEMITÉRIOS

Vou comentar a partir de agora sobre um trabalho muito interessante desenvolvido neste sentido por alguns ex-colegas de curso, tecnólogos em Geoprocessamento pelo IFPB. Eles desenvolveram uma aplicação que foi chamada de SIGTÉRIO.

Cursos Online de AutoCAD

O texto a seguir é uma adaptação do resumo e de outros trechos do projeto escrito e desenvolvido. Ao final desta postagem você poderá encontrar o link para download do trabalho em PDF e o endereço para contato com os autores. O título do artigo é Aplicação de Geotecnologias na Informatização do Cemitério Santa Catarina, João Pessoa-PB.

INFORMATIZAR CEMITÉRIOS

Leia também: SIG como Ferramenta Tecnológica para Cemitérios

Tradicionalmente, informações de jazigos de cemitérios se encontram em livros de registros, nem sempre bem conservados. Governos municipais, via de regra, também não dispensam o merecido tratamento às informações, não raro, havendo duplicidade de escrituração e dificuldade de localização de túmulos.

Quando gerenciado por órgãos públicos, um cemitério pode se tornar uma fonte de problemas, em função dos métodos arcaicos utilizados em sua administração. Em algumas prefeituras, os setores responsáveis pela gerência dos cemitérios, são preteridos quando comparados a outras ramificações do município.

Aplicação de Geotecnologias na Informatização do Cemitério Santa Catarina, João Pessoa-PB

O trabalho desenvolvido visa solucionar questões de tais naturezas, utilizando técnicas de Geoprocessamento. Assim, através de levantamento de campo e utilização de software de SIG, elaborou-se uma aplicação com vistas à melhoria da administração do cemitério Santa Catarina, no Bairro dos Estados, em João Pessoa-PB.

A partir de informações de livros de registro e de sepultamentos, inicialmente, modelou-se com o TerraView, um banco de dados geográficos, contendo informações necessárias à administração do cemitério e que também são de interesse público. Com a continuidade do trabalho, em última instância, a aplicação desenvolvida possibilitará a otimização da administração do cemitério, auxiliando também a população a localizar jazigos, através de consultas diversificadas.

A completa informatização da administração do cemitério proporcionará a execução de serviços de forma rápida e eficiente. O SIGTÉRIO, tende a ser uma ferramenta organizada e segura para o manuseio das informações relativas à administração de cemitérios.

ÁREA DE ESTUDO

Como mencionado acima, a aplicação piloto foi desenvolvida tendo como objeto de estudo o cemitério de Santa Catarina, na cidade de João Pessoa, Paraíba. O local possui um total de 2.238 túmulos, sendo 1.349 particulares e 889 rotativos, distribuídos em uma área de 13.054 m².

RESULTADOS DO GEOPROCESSAMENTO EM CEMITÉRIOS

Os resultados obtidos através do cruzamento de dados gráficos e alfanuméricos, referentes ao Cemitério Santa Catarina, possibilitou uma maior agilidade nas consultas e buscas de informações do local, sejam elas de um modo digital ou analógico.

Além da geração dos mapas e do banco de dados, contendo informações sobre os túmulos, seus proprietários e sepultados, o usuário também pode utilizar o recurso de visualização da sepultura através da aplicação computacional, essa função é disponibilizada através da ferramenta de inserção de mídia no software TerraView.

DOWNLOAD DO ARTIGO

Através do estudo realizado, pode-se perceber que o Geoprocessamento mostrou-se uma ferramenta perspicaz, auxiliando nas mais diversas áreas da gestão pública.

O objetivo dessa postagem não é detalhar toda a metodologia empregada nesta interessante aplicação das Geotecnologias. Para obter detalhes dos procedimentos utilizados, baixe o trabalho em PDF disponível no link abaixo:

  • [download id=”21″]

Mais informações podem ser obtidas também através dos autores do trabalho: Marcos Leonardo F. dos Santos; Lucia Helena Gu. de Sousa; Cícero F. da S. Neto; Glauciene J. F. da Silva.

Este exemplo mostra mais uma possibilidade de aplicação das Geotecnologias. Leia outras matérias sobre aplicações práticas do Geoprocessamento:

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

16 Comments on “SIGTÉRIO – Aplicação de Geotecnologias na Informatização de Cemitérios”

  1. Edvaldo Lopes de Lima disse:

    Boa tarde
    Anderson Medeiros

    Você teria material sobre as novas geotecnologias aplicadas na construção civil, pois estou fazendo um trabalho sobre o assunto.

    Edvaldo L. de Lima
    Acadêmico de Eng. Civil
    seg.trabalho@saolucas.fag.edu.br

  2. Boa tarde Anderson, desde já parabéns pela aplicação…gostaria de saber se existe aplicação de algum algoritmo de grafos para o mapeamento do cemitério…grato

  3. Ademir M. Padilha disse:

    Amigos
    O SIGTERIO é uma aplicação específica (software) ou este ambiente com um conjunto de tecnologias integradas?
    Se for uma aplicação específica, existe algum link, download, demo, qual empresa que poderia fornecer estas informações ?
    Obrigado

    1. Padilha,
      O SIGTério é uma solução que faz uso de recursos de Geoprocessamento, apoiado em Geotecnologias livres, tais como o TerraView.
      Abraço!

      1. Anderson,
        O pessoal disponibilizou a estrutura de banco do projeto?

        abs

  4. Sicoche M. Patricio disse:

    Bom dia.

    Sou de Mocambique. Tive um curso de Mestrado em Ciencia de SIG, da Universidade Nova de Lisboa em Parceria com Universidade Catolica de Mocambique (2010) Dizer por varias condicoes de diferentes ordem ainda nao defendi a disertacao.
    Mesmo assim nao deixo nem um minuto ler e procurar melhorar alguns conceitos e a ciencia do SIG. agradecer a sua forma humilde de ajudar a partir publicacoes cientificas na area, acredita que vai me ajudar muito como os outros.
    No curso usavamos o software da ESRI Student com a senha valida de 1 ano, assim estou sem nenhum software e nao consigo baixar por nao encontrar site.
    mesmo assim como disse anteriormente nao deixo de pesquisar.
    agradeceria se eu pudesse ter alguns manuais sobre forma digital pra o meu email, com isso caso necessite posso enviar o programa e alguns modulos do curso.

    abracos

  5. Jesus Medina disse:

    Hola me interesaría descargar el pdf pero le doy en donde da la opción de descarga y no puedo ojala puedan compartir otro enlace para ver el pdf suena interesante el estudio saludos….

  6. Erickson Melo disse:

    Inclusive este trabalho foi um dos destaques do CONNEPI 2009. Parabéns aos meus amigos autores e ao Anderson pela divulgação. Realmente é uma aplicação bem diferente das que vemos por aí. 😀

  7. Cícero Fidels disse:

    Olha o SIGTÉRIO onde vei parar… É isso aew! Valeu mais uma vez Anderson. Abração

    1. Por nada, trabalho de qualidade é pra ser divulgado mesmo.
      Por sinal, a postagem do SIGTÉRIO é uma das mais acessadas aqui no Blog.
      Um Abraço.

  8. Geovane Tavares disse:

    Achei inusitada esta aplicação SIG. Parabéns aos autores do trabalho e ao Anderson pela divulgação.
    []’s

  9. O link para o PDF não está dando. Como posso obter o ficheiro?

    Obrigado

    1. Olá Nelson, desculpe pelo erro no link do PDF. O problema já foi corrigido.
      Um Abraço! Não deixe de visitar o Blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *