Mapa da Depressão no Mundo

Mapa da Depressão no Mundo

Você conhece alguém que sofre de Depressão? Infelizmente, é muito provável que sua resposta seja “Sim” (talvez você mesmo). Hoje preciso falar com vocês sobre este assunto, que não envolve Geotecnologias, mas que é muito sério! Por duas semanas não atualizei o site por conta de um motivo muito triste e que gostaria de compartilhar isso com vocês.

UMA TRAGÉDIA FAMILIAR

Levando em consideração a significativa audiência que este site tem na comunidade de Geotecnologias e no contexto da “GeoBlogosfera” como um todo, estou escrevendo esta postagem como uma forma de alerta para todos os leitores.

Mapa da depressão: Brasil é o país com mais casos no mundoNo dia 2 de agosto de 2011 meu sogro cometeu suicídio motivado por uma forte crise de depressão! Isso foi um choque para todos nós que sempre o conhecemos como uma pessoa centrada (além de íntegro em todos os sentidos) e que aparentemente nunca deu a entender que poderia chegar ao ponto de fazer algo assim. Ele sempre demonstrou muito amor por sua família.

O ponto que quero destacar é que TODOS nós precisamos conhecer melhor esta doença tão triste e destrutiva que é a depressão para que possamos proteger melhor (tratar) a quem amamos e a nós mesmos se viermos a sofrer deste mal.

Por isso, reproduzo abaixo, com algumas adaptações, uma matéria encontrada no site da Revista Galileu, que abordou este tema.


Mapa da depressão: Brasil é o país com mais casos no mundo

A depressão é uma das doenças que mais incapacitam pessoas ao redor do mundo. De acordo com um estudo divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com a maior prevalência da doença no último ano, com 10,8% da população apresentando o distúrbio mental. O Japão está no final do ranking, com apenas 2,2% de pessoas doentes nos últimos 12 meses.

Os resultados mostraram que a depressão atinge uma porção maior da população dos países mais ricos, 14,6% das pessoas já apresentaram a doença. Enquanto 11,1% dos moradores dos lugares mais pobres têm ou já tiveram depressão alguma vez na vida.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que a doença afete 121 milhões de pessoas. Para entender melhor a prevalência da doenças e as condições da população que ela atinge, a Organização fez uma junção de estudos realizados em 18 países para montar um panorama global do problema.

A OMS usou a mesma metodologia para avaliar as 18 nações pesquisadas, que foram divididas de acordo com sua economia. Os de alta renda estudados são Bélgica, França, Alemanha, Israel, Itália, Japão, Holanda, Nova Zelândia, Espanha e Estados Unidos. Os de baixa e média são Colômbia, Índia, China, Líbano, México, África do Sul, Ucrânia e Brasil – com dados apenas da cidade de São Paulo.

O estudo foi publicado na terça-feira, 27 de julho, no BMC Medicine.


É NECESSÁRIO ENTENDER MELHOR A DEPRESSÃO

Para entender como alguém se sente quando tem depressão, eu recomendo a leitura do artigo abaixo listado que foi publicado na Revista Despertai!  de julho de 2009 e que nos ajudaram muito ao longo do tratamento de meu sogro:

Enfim é isso… com a ajuda de Jeová Deus vamos superar esta fase tão difícil para todos. Mais do que nunca, espero ter ajudado alguém com esta postagem.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

16 Comentários


  1. Anderson, realmente é muito triste perder quem amamos desta forma. Mas só quem tem depressão sabe o que passa. A depressão é assim, um mal silencioso e ainda mal compreendido – até mesmo entre os próprios pacientes e infelizmente ainda existe muito preconceito em torno desta doença por não saberem exatamente como ela se desenvolve no indivíduo.. Sei exatamente como é isso no meu dia a dia. Certamente Jeová Deus está dando forças e encorajamento p/ você e sua família, ainda bem que estamos bem próximos de sermos livrados de tudo isso, em breve, quando a vontade Dele for feita aqui na Terra.

    Abraços…
    Fik c/ Jah.

    Responder

    1. Obrigado, anderson, por ter mantido os links. Valeu. E seja sempre bem vindo lá no meu blog. Fica com Deus.

      Responder

  2. Caro Anderson, sinto muito pelo o que aconteceu. Sei que é uma situação muito difícil para toda a família. Tenha fé em Deus, pois Ele irá confortar o coração de vcs neste momento.

    Desejo muita força e luz.

    Abraços.

    Responder

  3. Anderson, receba o meu abraço como apoio a esse momento dificil. Mas tenha a certeza que isso passará, de forma que o tempo tornará as lembranças mais amenas.

    Responder

  4. Fico muito triste em saber do que se passou. Envio um abraço forte a vocês, e votos de que o consolo divino os tranquilize e renove.
    Ao mesmo tempo, é tão bom ver a sua atitude de se preocupar com os outros e fazer deste momento uma ocasião para, mais uma vez, divulgar informação relevante e fazer o bem. Que privilégio e que orgulho conhecer você.
    Sobre a depressão, é a pura verdade o que foi dito nos outros comentários – quando alguém por aqui aparenta estar deprimido, costuma ser tratado com desdém, como fraco, como manhoso. Na cultura da força e do vigor, dos super-heróis e mutantes (que não começou agora, mas parece estar ser agravando), parece que temos que nos adequar e ser como essas criações da mente humana, e não elas como nós. Que possamos ter a sensibilidade para entender e aceitar, com humildade, nossa fragilidade – a nossa própria, e a dos outros.
    Força a vocês, e contem comigo se houver algo em que eu possa ser útil.

    Responder

    1. Minha amiga Andréa, muito obrigado por seu comentário. Com o tempo e principalmente com a ajuda de Jeová Deus vamos reconstruir a vida.
      Abraço!

      Responder

  5. Oi Anderson, meus pêsames. Que Deus possa confortar os corações da sua família, especialmente da sua esposa. Nós tentamos ser cuidadosos o tempo inteiro, porém é difícil monitorar o que passa dentro das outras pessoas, é muito complicado. A depressão é uma doença cruel, pois ataca sem nenhum motivo, sem causa aparente. Quando uma pessoa sente que precisa de um amigo, que se sente sozinha e triste, nessa hora não há nada melhor do que se aproximar de Deus e das pessoas que amamos. O amor pode todas as coisas. Enfim, bola pra frente e mãos à obra no blog!

    Responder

  6. Olá Anderson!

    Estou lendo agora a postagem e fico muito triste em saber que a morte do seu sogro ocorreu desta forma. Realmente é muito difícil…

    Concordo com tudo o que o José Carlos disse e presto todo o meu apoio. Se houver algo que eu possa fazer para ajudar, pode contar comigo.

    Muita força e sabedoria nesses dias dolorosos. Você é batalhador e irá superar o que for preciso.

    Abraços

    Responder

  7. Antes de mais nada aceite meus pesares pela triste perda do seu sogro. Tenho certeza que sua esposa tem o homem certo para lhe prestar o apoio necessário nesse momento de dor.

    Particularmente eu acho a depressão de uma gravidade sem medida, principalmente em um país onde nós somos educados para renegar esse tipo de enfermidade, taxada como frescura ou coisas do tipo.

    Também é bom lembrar que a depressão é hoje, se não me engano, a principal causa de afastamento do trabalho no Brasil. Vez por outra eu tenho crises de depressão e posso te falar que não tem a ver com ser ou não centrado.

    Mais uma vez lamento pela perda e força para você e sua esposa.

    Responder

    1. Obrigado por seu comentário meu amigo. Com a ajuda de Jeová Deus temos feito o máximo para superar esta situação.
      É bom saber que posso também contar com seu apoio. Um Abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *