Um Raio-X do Projeto gvSIG

O dia 30 de março entrou para história das Geotecnologias como a data do lançamento da Revista FOSSGIS Brasil. Desde então o número de downloads do PDF da revista tem superado até mesmo a mais positiva das expectativas! Nesta primeira edição da revista tive, entre outros, o privilégio de escrever oum artigo para coluna Desktop GIS, onde foi apresentada uma radiografia do projeto gvSIG.

Como vocês devem saber o gvSIG é um dos mais populares e poderosos softwares livres para SIG. Lendo o artigo publicado com exclusividade na FOSSGIS Brasil você terá uma visão geral sobre o projeto, suas origens e características e avanços da comunidade.

Confira o artigo Um Raio-X do Projeto gvSIG (página 39). Você pode fazer o download direto da Revista clicando aqui.

Queremos saber sua opinião sobre o que foi publicado nesta primeira edição, em cada um dos artigos. Você pode postar um comentários nesta postagem ou no site oficial da Revista FOSSGIS Brasil.

Alguns dos artigos que você encontrará nesta mesma edição:

  • A história do FOSSGIS (página 09);
  • Desvendando os Padrões OGC (página 13);
  • Redescobrindo o SIG com software livre (página 19);
  • WebGIS com OL4JSF (página 33).

O que acharam do lançamento do Projeto FOSSGIS Brasil? Esperamos que você goste desta nossa iniciativa.

Deixem seus comentários sobre a Revista FOSSGIS Brasil.

@ClickGeoCurta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

6 Comentários


  1. Caro Anderson Medeiros,
    Pode me esclarecer se possivel, exportar dados com tabelas e hiperlink do gvsig em shp para kml para ser demonstrado do google earth de maneira a ser acessado em qualquer computador, sem que neste esteja instalado o gvsig e que qualquer leigo possa fazer se conhecimento do programada gvsig(não precise de treinamento do mesmo para consultar os dados).
    Ou pode me indicar uma liguagem de programa que possa trabalhar com o gvsig e que qualquer micro possa ter acesso.

    Responder

    1. Angela,
      Não é algo tão simples. Os hiperlinks do gvSIG só rodam nele, não há como exportar essa função para o GEarth (que eu saiba).
      Att.

      Responder


  2. Eu achei a idéia genial e inovadora. Porém tenho uma crítica a fazer:
    Eu acharia interessante, já que é uma revista eletrônica, colocar no site todas as matérias, assim, deixaria livre quem quer ler apenas algumas matérias de não ter de baixar o PDF. É só uma sugestão. Gostei muito da matéria dos padrões OGC.

    Responder

    1. Oi Luis, tudo bem?
      Muito obrigado por seu comentário. Ele é muito importante para nós. Essa sua idéia já está em processo de implementação pela equipe 🙂
      Desde o lançamento a equipe não para de trabalhar para melhorar as diferentes formas de apresentação da revista.
      Abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *