SuperGIS: Gerar camada de pontos a partir de Coordenadas

SuperGIS: Gerar camada de pontos a partir de CoordenadasConsidere a seguinte atividade comum em projetos da área de Geoprocessamento: Foi demandada a criação de uma camada de informação com entidades pontuais a partir de uma lista organizada de coordenadas. Como realizar esta tarefa? Este é um processo simples, muito útil e que neste tutorial será demonstrado tendo por base o software proprietário SuperGIS Desktop. Estamos trabalhando com a versão trial deste produto.

Antes de iniciar este tutorial é importante destacar que esta operação também pode ser feito, sem grandes dificuldades, em programas gratuitos para SIG, conforme ilustrado nos tutoriais abaixo:

IMPORTANDO COORDENADAS XY NO SUPERGIS

Acesse o menu Ferramentas > Adicionar Dados XY….

SuperGIS: Ferramentas > Adicionar XY

Na janela que surgirá, clique no ícone intuitivo que servirá para abrirmos a planilha com as coordenadas dos pontos que iremos gerar. Faça o download do arquivo pontos.xls, que será usado neste tutorial [20 KB]. SuperGIS: Adicionar Planilha

Quando fazemos a importação do arquivo, o programa reconhece quais os campos da tabela que possuem as informações das coordenadas. Caso seja necessário, faça as devidas correções nesta escolha das colunas de X e Y.

OBS: Notei que ao tentar importar os dados numa planilha em formato CSV ou DBF o SuperGIS não reconheceu os campos com dados de coordenadas (somente no formato XLS ele entendeu prontamente as informações).

Em seguida, é preciso clicar em Editar, conforme a imagem abaixo, para que possamos informar o sistema de coordenadas dos dados.

SuperGIS: Informar Sistema de Coordenadas

Neste exemplo estamos trabalhando com dados que utilizam o sistema UTM e que estão localizados na zona 25 S. Navegue pelas listas até encontrar esta opção.

SuperGIS: Select Coordinate System

Após escolher o sistema adequado na lista, ou importando um arquivo PRJ através do botão SGUI da imagem acima, clique em OK.

Gerar camada de pontos a partir de Coordenadas

O resultado desta operação é exemplificado abaixo. Os arquivos são salvos no formato de extensão .geo, nativo do SuperGIS, num diretório definido pelo usuário.

Gerar camada de pontos a partir de Coordenadas com o SuperGIS

Logicamente, você poderá facilmente exportar estes dados para o formato shapefile ou outro que lhe interesse em seu projeto e que o programa ofereça suporte.

O que acharam deste tutorial? Por favor, deixem seus comentários sobre o material e sobre o SuperGIS.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

Sobre Anderson Medeiros 986 Artigos
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

4 Comentário

  1. Estava sim, mas mesmo assim continuava com o problema. Porém encontrei a solução. Na verdade eu me atrapalhei na hora de preencher o arquivo .csv e confundi os valores de latitude e longitude.

    Obrigado!

  2. Marcilio Araujo disse:

    Caro Anderson,

    eu consigo realizar todo o procedimento. Mas quando tento carregar uma outra shape, ibge_muncipios_bahia.shp, por exemplo, essa shape de municípios feita pelo IBGE não carrega. Só consigo carregar as shapes em projetos diferentes. O que pode estar acontecendo? Será por causa do SRC?

    Obrigado.

  3. Muito interessante essa sequência de tutoriais sobre o SIG SuperGIS Desktop, Anderson. Eu já havia recebido comentários muito positivos sobre ele, agora vejo que as pessoas que adquiriram uma licença acertaram na escolha. Abraços!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*