Aplicação SIG para Análise Logística

Um exemplo de aplicação SIG para análise logística: O autor do projeto é o tecnólogo em Geoprocessamento, João Alexandre de Sousa Neto que desenvolveu um SIG para a realização de análises de Redes, ou seja, análises de segmentos interligados, que tem o objetivo de verificar as rotas desenvolvidas pelos vendedores e calcular as rotas de menor caminho para as vendas.

SIG NA LOGÍSTICA DAS EMPRESAS

Para tal foi utilizado o sistema Spring, no qual foram inseridos os dados da empresa Buon Gelatto, contendo informações sobre os pontos comerciais atendidos em determinado bairro da cidade de João Pessoa, Paraíba. Forma identificadas reduções de percurso em todas as rotas analisadas, concluindo assim a eficácia das geotecnologias na administração de empresas.

A utilização do Geoprocessamento na logística das empresas tem por objetivo reduzir custos e inserir agilidade na entrega dos produtos, tendo sempre o produto certo, na quantidade certa, no local especificado, no hora determinada, nas condições adequadas para o cliente e pelo preço combinado. Sendo, dessa forma, a agilidade, a pontualidade e responsabilidade o diferencial da empresa.

Com o desenvolvimento de uma aplicação SIG na área logística, é possível desenvolver mapas temáticos para diferentes análises espaciais tais como análises de rotas, localização de pontos de distribuição e de acidentes geográficos, condição do pavimento e infraestrutura, etc, o que permite as análises dos efetivos locais de visitação e entrega de produtos, planejamento de rotas, medições de distâncias entre pontos e análises dos sentidos de vias de tráfego.

Você pode baixar a versão em PDF do trabalho através do link abaixo.

Exemplos como esse mostram que o SIG pode ter infinitas aplicações, até mesmo em áreas onde não se observe de imediato sua aplicabilidade.

@ClickGeoCurta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

 

Sobre Anderson Medeiros 987 Artigos
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

7 Comentário

  1. Djacir Ramos disse:

    Olá Anderson.
    Tenho acompanhado seu trabalho. Parabens.
    Gostaria de saber: Qual a plataforma na qual foi desenvolvido o sistema SIGEF?
    Sei que você acompanhou o desenvolvimento. Qual o profissional que o desenvolveu mais diretamente?
    Obrigado e muita paz.

    • Oi Djacir, tudo bem?
      Fico feliz em saber que você acompanha nosso trabalho. Muito legal.
      Na verdade, acho que você se confundiu no seguinte: Eu não acompanhei o desenvolvimento do SIGEF, mas sim do SIGSAB (do INSA).
      O SIGSAB foi desenvolvido usando o i3Geo (o SIGEF também). No caso do SIGSAB eu fui o desenvolvedor da ferramenta geográfica e na equipe há outros profissionais de programação.
      Um abraço!

  2. Manuel Gadelha disse:

    Ola Anderson. Eu so queria saber o valor do seu S.I.G.

  3. Olá Anderson, parabens pela divulgação.

    Tenho uma duvida, acho que o coração da logistica esta amarrado a base(Vias).
    Neste artigo o autor se reportou ao sentido das vias, mais no processamento não o vi utilizar essa restrição. O spring ou outro sftw livre reconhece essa restrição durante o processamento? Teria como mostra-lo.

  4. Caro Anderson, sou tecnico em Geoprocessamento e estou cursando administração; e pretendo Formular TCC sobre Geo aplicado à Logística e gostei do seu artigo; se vc tiver alguma (s) sugestão (es) para compartilhar comigo, agredeço.

    • Oi Ely, tudo bem?
      Creio que este material que divulguei na postaem é um dos melhores para você usar como base.
      Obrigado por seu comentário.
      Abraço!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*