Como Usar o Complemento AutoTrace do QGIS

AutoTrace do QGIS

O QGIS disponibiliza diversas ferramentas para uma edição adequada das feições a serem trabalhadas pelo usuário. As opções para edição mais simples encontram-se embutidas na ferramenta “Digitalizar” e as mais avançadas na “Digitalização Avançada” e nas “Opções de ajuste“.

Este tutorial é um Guest Post elaborado por Vanessa Cecília Benavides Silva, natural de Santiago/Veráguas Panamá. Possui graduação em Geografia e Análise Ambiental (2011) e especialização em Gestão Ambiental e Geoprocessamento (2012), pelo UniBH. Atualmente é pesquisadora e consultora autônoma nas áreas de Geoprocessamento e análise ambiental. Tem experiência na área de Análise Ambiental e de Geoprocessamento, na elaboração de mapas em geral e de base de dados para projetos diversos e monitoria em SIG.

USO DO COMPLEMENTO AUTOTRACE

Para complementar essas ferramentas, existe o plugin AutoTrace que permite criar seguimentos a partir do tracejado de outra feição, de maneira que a nova feição siga o tracejado exato da feição de referência, evitando assim, possíveis erros topológicos.

Logicamente, o primeiro passo é instalar o plugin que será utilizado. Para isso, abrir o QGIS e acesse o seguinte caminho de menus:

  • Complementos → Gerenciar e Instalar Complementos → AutoTrace.

Insira o arquivo que será editado e o arquivo de referência. No exemplo a seguir, tem-se o shapefile dos limites dos bairros do município de Belo Horizonte e deseja-se digitalizar, em outro shapefile, a Lagoa da Pampulha (destaque em vermelho).

QGIS: Uso do Plugin AutoTrace

Deve-se configurar as opções de ajuste de edição em Configurações → Opções de ajuste.

A janela de Opções de aproximação é aberta e o usuário deve marcar a camada que será editada e a que servirá como referência, e indicar a Tolerância (recomenda-se entre 10 e 20 pixels).

QGIS: Janela - Opções de aproximação

Após esse procedimento, deixar editável as duas bases → ferramenta Digitalizar → Alternar edição.

A ferramenta AutoTrace ficará habilitada (na barra de ferramentas AutoTrace ou em Complementos → AutoTrace). Detalhe: a ferramenta só ficará habilitada se mais de uma feição estiver editável.

Na barra das camadas, clicar na camada que será editada (no presente caso Lagoa da Pampulha) e clicar na opção Adicionar feição Adicionar Feição no QGIS  da barra de ferramentas Digitalizar.

A ferramenta AutoTrace exige que o primeiro nó da feição seja inserido pelo usuário para que o restante do procedimento possa ser feito automaticamente.

Inserido o primeiro nó, clique na ferramenta AutoTrace, insira outro nó e clicar e segurar a tecla SHIFT (durante todo o procedimento), e, com o cursor do mouse, apenas acompanhar a borda do segmento de referência. Certifique-se de que o tracejado esteja sendo feito automaticamente pela ferramenta.

É necessário criar um vértice sempre que a nova feição encontrar com mais de um segmento da feição de referência, pois assim, o usuário estará “guiando” a ferramenta sobre a direção da feição que ela deve seguir. Logo, dar continuidade ao procedimento de seguir a feição com o cursor do mouse.

Como Usar o Complemento AutoTrace do QGIS

Para concluir a digitalização, clicar com o direito do mouse. Salvar a digitalização feita em Edições atuais  → Salvar para a camada selecionada.

QGIS: Uso do Plugin AutoTrace

Bom trabalho! Em caso de dúvidas, entrem em contato com a autora deste material.

DOWNLOAD DO TUTORIAL SOBRE PLUGIN AUTOTRACE

Este tutorial está disponível em PDF. Para baixar o arquivo, clique no link abaixo:

Confira também as seguintes dicas que publicamos recentemente relacionadas com o QGIS, seus usos e aplicações:

Por favor, compartilhe este conteúdo entre seus colegas nas redes sociais e deixe seus comentários.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

1 Comentário


  1. Boa tarde, muito boa essa novidade do Qgis, porém não tive bons resultados. Assim que inseri o primeiro nó e cliquei no ícone do AutoTrace apareceu a informação “AutoTrace: None of the enabled layers have snapping enabled – AutoTrace needs snappable layers in order to trace.” Já ativei o snap das camadas (aqui aparece “Modo de Atração: Todas as camadas”), enfim, não sei o que pode ser.
    Mas o tutorial está ótimo, assim como os demais, parabéns!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *