Explore os Recursos do Portal do Software Público Brasileiro

Você é um usuário do Portal do Software Público Brasileiro (SPB)? Independente de sua resposta é interessante considerar alguns dos interessantes recursos oferecidos por este site que vem fornecendo uma grande contribuição ao mercado das Geotecnologias livres aqui no Brasil.

O que é o SPB

Conforme explicado em seu site, o Portal do Software Público Brasileiro busca iniciar uma nova fase no desenvolvimento da política de software livre (SL) no Brasil, apresentando um novo modelo de licenciamento, de gestão e de regras de disponibilização das soluções desenvolvidas pela Administração Pública e por uma rede de parceiros da sociedade.

Assim, com o SPB, o setor público passa a ser o “protagonista” no desenvolvimento de soluções e na liderança das comunidades de prática na área do SL.

O SPB é uma iniciativa pioneira no mundo! Nosso vizinho, o Paraguai, será o primeiro país a adotar o modelo de software público desenvolvido pelo Governo Brasileiro.

Recursos Básicos do SPB

As soluções tecnológicas apresentadas no SPB são desenvolvidas por diversos órgãos públicos do poder Executivo, Legislativo e Judiciário, além de empresas e universidades e estão disponíveis neste portal gratuitamente à sociedade.  Isso mesmo, prefeituras, Estados, empresas, órgãos públicos, centros de pesquisa e qualquer pessoa interessada podem obter o código das soluções, mediante cadastramento no Portal.

Embora NÃO sejam cobrados pagamentos por licenças, todas as melhorias incorporadas às soluções também devem ser compartilhadas com todos os interessados, a partir do SPB. Nada mais junto, não é verdade?

O SPB possui ainda um espaço voltado aos chamados grupos de interesse, através do interessante “ambiente 4C”, ou seja, Colaboração, Comunidade, Conhecimento e Compartilhamento. Nesses ambientes estão disponíveis ferramentas para a interação entre os usuários, tais como fóruns, chats, listas e ambientes de colaboração.

Mais onde entram as Geotecnologias neste contexto? Calma que já comento sobre isso.

O grupo de interesse municipal é destinado às administrações públicas municipais brasileiras e disponibiliza documentos ligados à tecnologia da informação municipal, bem como soluções livres de interesse da gestão municipal. – Isso já lhe dá alguma idéia? Muitas das ferramentas livres para Geoprocessamento serão inseridas neste grupo.

Mais Recursos do SPB

Se você é um desenvolvedor e tem alguma solução livre que deseja tornar software público poderá fazer isso por enviar um e-mail ao endereço softwarepublico@planejamento.gov.br com uma breve descrição do software e informando seu desejo de torná-lo público. Então a coordenação do portal entrará em contato informando os próximos passos a serem seguidos. Em breve será públicada uma instrução normativa para agilizar este processo.

Um outro recurso interessante, é a oportunidade que o SPB oferece aos que se disponibilizam como prestadores de serviço. Através da seção específica, você pode se cadastrar como prestador de serviço ou consultar quais os profissionais disponíveis para executar determinada tarefa para a qual você deseja contratar pessoal qualificado.

Software Público de Geoprocessamento

Creio que o programa ligado ao Geoprocessamento disponíveis no SPB que tem maior destaque é o i3GEO (Interface Integrada para Internet de Ferramentas de Geoprocessamento), que como você deve bem saber é um software baseado em outros SL, principalmente no MapServer.

A comunidade específica deste software já possui cerca de 10.000 membros. Através da comunidade do i3GEO é possível, por exemplo, acompanhar os testes da versão 4.4 do programa, acessar os links de entidades que já usam o programa, ser informado sobre programas específicos, baixar documentação oficial, tutoriais, etc.

Pois é pessoal, se você ainda não é cadastrado no Portal do Software Público Brasileiro, não perca tempo. Explore os recurso do SPB!

O que acharam? Deixe sua opinião nos comentários.

Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

2 Comentários


  1. Eu não conhecia o SPB. Realmente iniciativas como esta deveriam ser mais divulgadas.
    É bom saber que sempre posso me manter bem informado aqui no seu blog.
    Vlw cara.

    Responder

    1. Olá Humberto, tudo bem?
      Agradeço seu elogio. Concordo com você. Realmente é muito importante divulgar o que tem sido feito de bom nessa nossa área em vez de perder tempo apenas com aspectos negativos.
      Um Abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *