Operações Espaciais no Kosmo GIS: Dissolve

Este tutorial faz parte de uma série sobre as operações espaciais no Kosmo GIS. A versão do programa é a 2.0.1 e abordaremos o uso da função conhecida como dissolve ou agregação, como é denominada em outros softwares.

Esta funcionalidade, em geral, é utilizada quando desejamos simplificar um dado geográfico ou criar um novo, através de uma junção de feições, com base em alguma informação (coluna) da tabela de atributos.

FUNÇÃO DISSOLVE – EXEMPLO PRÁTICO

Neste tutorial vamos aplicar a função dissolve num arquivo shapefile com a divisão municipal da Paraíba. A ideia é unir os polígonos (cidades) que pertençam a uma mesma mesorregião.

Municipios da Paraíba

Primeiramente, verifique se o Assistente para operações de Geoprocessamento está disponível no menu Ferramentas de acordo com a figura a seguir.

Assistente para operações de Geoprocessamento

Caso não esteja habilitado acesse o menu Arquivo > Gestor de Extensões… conforme exemplificado na imagem abaixo.

Gestor de Extensões

Selecione a opção correspondente destacada na próxima imagem. Note que é possível estabelecer esta extensão padrão. Isso significa que não seria mais necessário ter que a habilitar novamente em cada nova utilização do programa. Há também a opção de habilitar de forma permanente a todas as demais extensões (plugins) disponíveis.

Extensões

Confirme se a função habilitada acessando o menu mostrado anteriormente. Após a confirmação execute os passos descritos a seguir.

1° Passo: Carregue a camada com a divisão municipal (link para download no final deste tutorial). O mapa deve estar visível.
2° Passo: Estando habilitado o assistente para operações de Geoprocessamento, acesse-o. Será aberta a janela a seguir.

Note que o próprio programa reconhece que para a situação atual em seu ambiente, ou seja, uma única camada de informação, apenas duas das operações espaciais oferecidas pelo Kosmo SIG estão disponíveis: Dissolve e Área de Influência, também conhecido com buffer (este último já tratado em outro tutorial).

Escolha a opção dissolve e clique para avançar ao passo seguinte.

Função Dissolve

3° Passo: Na nova interface, forneça os parâmetros necessários para realização da operação: Camada sobre a qual será aplicada a função (Municípios), nome do campo (coluna) da tabela de atributos que contém a informação sobre a mesorregião, neste exemplo, Nome_Meso e o local onde será salvo o novo dado no formato shapefile.

Dissolver

Após clicar em finalizar será gerado a nova camada de informação como a mostrada abaixo.

Dissolve

Pronto! Aprendemos como utilizar a função dissolve no software Kosmo GIS.

Para fazer o download do tutorial elaborado por mim sobre como realizar o processo no Kosmo, utilize o link abaixo.

    • [download id=”32″]

Não deixe de conferir os demais tutoriais elaborados sobre o uso da ferramenta dissolve nos softwares livres. Ah! E o que você acha de preparar um tutorial mostrando como fazer esta operação em outros programas open source como o Spring, por exemplo?

O tutorial de hoje é fruto de uma conversa geográfica entre o Luís Lopes (@geoluislopes), Eliazer Kosciuk (@eliazerk), Luís Sadeck (@sadeckgeo) e eu, Anderson Medeiros (@ClickGeo), via Twitter. Como vocês devem ter ficado sabendo, o Luís Lopes iniciou uma série de tutoriais no seu blog com o tema “Quebrando Tabus” onde ele mostra que os softwares livres realizam as mesmas tarefas que os softwares proprietários e com a mesma qualidade. No começo da série ele demonstrou como empregar a ferramenta dissolve no Quantum GIS.

Partindo da ideia dele, nós quatro decidimos ensinar como realizar o mesmo procedimento em outros softwares livres para SIG. Então, por enquanto, já foram elaborados os tutoriais para o QGIS, gvSIG, TerraView e agora preparei para o Kosmo GIS (links no final desta postagem).

O que acharam da iniciativa do Luís Lopes? Eu achei genial! Deixem seus comentários sobre estes tutoriais!

@ClickGeoCurta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

5 Comentários



  1. Ótima a iniciativa de vocês. Parabéns Anderson e demais que estão tendo todo este trabalho em benefício da comunidade de Geo em português. Para mim, vocês são o máximo.
    Continuem com o grã trabalho.

    Responder

    1. Realmente Rute a ideia destes tutoriais em série foi uma grande luz na mente do Luís Lopes e que merece ser bem apoiada por todos nós que trabalhamos na área. Obrigado por seu comentário e elogio.
      Forte abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *