Como Executar Operações em Lotes no QGIS

Batch QGISJá aconteceu de você precisar realizar em ambiente SIG a mesma operação para diversas camadas ou arquivos de dados geográficos? Esse tipo de atividade é geralmente chamada de processamento em lote (Batch). Conforme prometido no final de um tutorial anteriormente publicado, vamos aprender agora como fazer a execução de operações em lotes no software QGIS.

PROCESSAMENTO EM MODO BATCH NO QGIS

Uma das vantagens quando utilizamos esse tipo de recurso em um programa de SIG é que ganhamos tempo, não tendo que repetir várias e várias vezes a mesma atividade.

Workshop de Geoprocessamento com Software Livre

Iremos explicar aqui tendo por base as funções disponíveis na caixa de ferramentas (antiga extensão Sextante), que pode ser acessada pelo menu Processamento > Caixa de Ferramentas.

Processamento no QGIS

O processo é bem simples: Inicialmente, digite na ferramenta de busca um termo relacionado com o processo que deseja realizar. Por exemplo, para reprojetar diversas camadas ao mesmo tempo, digite algo como Reproject.

Depois de localizar a ferramenta desejada, clique sobre ela com o botão direito do mouse e escolha a opção Executar um processo em lotes.

Executar um processo em lotes

Logicamente para cada operação teremos uma interface diferente na janela.  Para este exemplo, envolvendo reprojeção de dados espaciais, teremos algo semelhante ao mostrado abaixo.

A ideia da execução em lotes para esse recurso envolve a entrada das camadas, onde seus sistemas de referência será reconhecido pelo programa, se poderá indicar onde novas camadas serão salvas e escolher a nova projeção desses. Por fim, executamos clicando em Run.

Batch Processing QGIS

O que acharam dessa dica? Já conheciam essa possibilidade? Testem para os algoritmos que você mais utiliza e comentem sobre os resultados obtidos.

Outras dicas relacionadas com nosso tema de hoje são as seguintes:

 Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *