Merge: Combinação de feições no Kosmo GIS

Hoje vamos aprender como realizar a operação espacial merge, ou combinação de feições no ambiente do Kosmo SIG 2.0. Caso você não tenha este programa, pode baixar o software acessando este endereço. Lembre que esta versão do Kosmo dispensa instalação, isso para o sistema operacional Windows.

Vamos entender melhor a aplicabilidade desta operação espacial disponível em ferramentas na grande maioria dos softwares de Sistemas de Informações Geográficas (SIG).

A OPERAÇÃO ESPACIAL MERGE: COMBINAR FEIÇÕES

O merge é utilizado para processar a junção de dois ou mais dados geográficos com o mesmo tipo de geometria (ponto, linha ou polígono). Um exemplo disso seria a combinação de quadras de um determinado bairro que estão localizadas em arquivos vetoriais diferentes em um novo arquivo atualizado (caso que veremos neste tutorial). A figura abaixo ilustra o processo realizado através da ferramenta merge.

Você pode baixar os dados geográficos utilizados neste tutorial clicando aqui.

Olhando pela figura abaixo fica fácil entender o que iremos fazer. O layer Quadras será complementado pelo arquivo Atualização, de modo que estes estarão integrados, após o merge, em um novo arquivo.

Tutorial Kosmo

MESCLANDO FEIÇÕES GEOMÉTRICAS EM AMBIENTE SIG

1° Passo: Utilize o ícone “Carregar Dados…() para adicionar os layers Quadras e Atualização.

2° Passo: Verifique através do Menu “Arquivo” > “Gestor de Estensões…” se a extensão Assistente de operações de Geoprocessamento está habilitada, caso não, habilite e clique em “Aceitar”.

Gestor de Extensões

3° Passo: Acesse o Menu “Ferramentas> Assistente de operações de Geoprocessamento“.

Assistente de Geoprocessamento

4° Passo: Na janela a seguir, escolha a opção “Combinação” (Merge) e clique em “Seguinte“.

Merge

5° Passo: Na janela a seguir, escolhemos as camadas que serão agrupadas. Os atributos dos layers que serão utilizados e o diretório onde o arquivo resultante será salvo. Clique em “Finalizar“.

Merge Kosmo

Como talvez tenha notado, a própria interface do Kosmo já é bem explicativa. O resultado da operação é mostrada na imagem abaixo.

Merge Final

Ah! Veja estas outras matérias sobre o Kosmo que também têm recebido bastante acessos:

Então é isso pessoal. O que acharam dos tutoriais? Deixem suas opiniões nos comentários.

Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

4 Comentários



  1. Prezado Anderson,

    dos softwares de SIG livres como GvSig, Kosmos, Quantum Gis, qual mais se aproxima das funcionalidades do Idrisi (operados matemáticos, de distância de contexto e sistema de suporte à decisão)?

    Ronalton

    Responder

    1. Olá Ronalton, tudo bem?
      É complicado te responder esta pergunta com precisão por que nunca trabalhei efetivamente com o Idrisi. Dentre os três que você mencionou, considero o gvSIG o mais completo. O Spring também é muito bom no que diz respeito aos operadores.
      Abraço!

      Responder

  2. Muito bom esse tutorial. Você poderia fazer mais postagens sobre o Assistente de operações de Geoprocessamento?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *