Merge: Combinação de feições no Kosmo GIS

Hoje vamos aprender como realizar a operação espacial merge, ou combinação de feições no ambiente do Kosmo SIG 2.0. Caso você não tenha este programa, pode baixar o software acessando este endereço. Lembre que esta versão do Kosmo dispensa instalação, isso para o sistema operacional Windows.

Vamos entender melhor a aplicabilidade desta operação espacial disponível em ferramentas na grande maioria dos softwares de Sistemas de Informações Geográficas (SIG).

A OPERAÇÃO ESPACIAL MERGE: COMBINAR FEIÇÕES

O merge é utilizado para processar a junção de dois ou mais dados geográficos com o mesmo tipo de geometria (ponto, linha ou polígono). Um exemplo disso seria a combinação de quadras de um determinado bairro que estão localizadas em arquivos vetoriais diferentes em um novo arquivo atualizado (caso que veremos neste tutorial). A figura abaixo ilustra o processo realizado através da ferramenta merge.

Você pode baixar os dados geográficos utilizados neste tutorial clicando aqui.

Olhando pela figura abaixo fica fácil entender o que iremos fazer. O layer Quadras será complementado pelo arquivo Atualização, de modo que estes estarão integrados, após o merge, em um novo arquivo.

Tutorial Kosmo

MESCLANDO FEIÇÕES GEOMÉTRICAS EM AMBIENTE SIG

1° Passo: Utilize o ícone “Carregar Dados…() para adicionar os layers Quadras e Atualização.

2° Passo: Verifique através do Menu “Arquivo” > “Gestor de Estensões…” se a extensão Assistente de operações de Geoprocessamento está habilitada, caso não, habilite e clique em “Aceitar”.

Gestor de Extensões

3° Passo: Acesse o Menu “Ferramentas> Assistente de operações de Geoprocessamento“.

Assistente de Geoprocessamento

4° Passo: Na janela a seguir, escolha a opção “Combinação” (Merge) e clique em “Seguinte“.

Merge

5° Passo: Na janela a seguir, escolhemos as camadas que serão agrupadas. Os atributos dos layers que serão utilizados e o diretório onde o arquivo resultante será salvo. Clique em “Finalizar“.

Merge Kosmo

Como talvez tenha notado, a própria interface do Kosmo já é bem explicativa. O resultado da operação é mostrada na imagem abaixo.

Merge Final

Ah! Veja estas outras matérias sobre o Kosmo que também têm recebido bastante acessos:

Então é isso pessoal. O que acharam dos tutoriais? Deixem suas opiniões nos comentários.

Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

Sobre Anderson Medeiros 988 Artigos
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

3 Comentário

  1. Prezado Anderson,

    dos softwares de SIG livres como GvSig, Kosmos, Quantum Gis, qual mais se aproxima das funcionalidades do Idrisi (operados matemáticos, de distância de contexto e sistema de suporte à decisão)?

    Ronalton

    • Olá Ronalton, tudo bem?
      É complicado te responder esta pergunta com precisão por que nunca trabalhei efetivamente com o Idrisi. Dentre os três que você mencionou, considero o gvSIG o mais completo. O Spring também é muito bom no que diz respeito aos operadores.
      Abraço!

  2. Muito bom esse tutorial. Você poderia fazer mais postagens sobre o Assistente de operações de Geoprocessamento?

1 Trackback / Pingback

  1. gvSIG: Combinação de Feições com o Módulo Sextante | Geotecnologias.net

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*