Manual em Português do gvSIG 1.11

Manual em Português do gvSIG 1.11

O gvSIG é um dos programas de Sistemas de Informações Geográficas (SIG) mais utilizados no Brasil. Sua comunidade de usuários é uma das mais bem estruturadas da área de Geoprocessamento. Já realizaram diversos eventos de grande sucesso contribuindo para o progresso do projeto. O ICMBio disponibilizou há algum tempo uma versão independente do manual do usuário do gvSIG, em português do Brasil.

GUIA DO USUÁRIO DE GVSIG – PORTUGUÊS DO BRASIL

Como você já deve saber, o gvSIG é um software de SIG de código aberto, desenvolvido em Java; dispondo de funções para aquisição, armazenamento, gerenciamento, manipulação, processamento, exibição e publicação de dados e informações geográficas e suporte aos diversos formatos de arquivos alfanuméricos (.dbf; .csv), raster (.img; .tiff; .jpeg), vetoriais (.shp; .gml; .kml; .dxf; .dwg), serviços OGC (WFS; WMS; WMC) e banco de dados (PostgreSQL; MySQL; Oracle Spatial).

Os autores responsáveis pela elaboração deste documento são Ana Gabriela Lima Ortiz e Murilo de Oliveira Caixêta. O guia está disponível no formato PDF com um total de 42 páginas.

Download: Manual em Português do gvSIG 1.11

O sumário do inclui uma breve introdução sobre o gvSIG e uma abordagem sobre os tipos de documentos de um projeto gvSIG. Entre os tópicos encontramos ainda explicações sobre operações de processamento de dados espaciais, organizadas por tipo.

DOWNLOAD DO MANUAL DO GVSIG

No manual você vai encontrar, por exemplo, indicações sobre uso de funcionalidades como georreferenciamento de cartas, análise espacial e produção cartográfica. Baixe uma cópia do arquivo a partir do link a seguir:

O material está disponível, como você poderá verificar, no site do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Como dica adicional, não deixe de aprender mais sobre o gvSIG acessando o conteúdo indicado abaixo.

Aguardamos seus comentários.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *