Habilitando Função de Pesquisa no Alov Map

Sinceramente eu fiquei impressionado com o número de acessos à última postagem publicada sobre o Alov Map, onde comentei sobre a estrutura de funcionamento, em especial de aplicações utilizando a versão applet.

Foram mais de 200 (duzentos) acessos só nas primeiras vinte e quatro horas depois da publicação e este número está aumentando a cada dia! Um dos motivos de minha surpresa pelo número de acessos foi o fato de que o Alov Map não estar mais em desenvolvimento.

Além disso, recebi vários e-mais pedindo mais informações sobre o programa. Assim, nesta postagem vou apresentar mais um passo a ser dado na construção de uma aplicação webmapping com Alov.

Veremos como habilitar a ferramenta de consulta à tabela de atributos dos dados vetoriais, mas primeiro vamos recapitular como visualizar dados no formato shapefile usando o applet do Alov Map.

Exemplos de Códigos XML e HTML para Aplicação Básica

Os códigos a seguir foram utilizados para gerar a visualização das quadras de uma cidade fictícia, conforme ilustrado abaixo. O local destacado em vermelho é o campo onde digitam-se os dados a ser pesquisados na tabela de atributos.

Aplicação Alov Map - Fase 1

1. Código HTML

O código abaixo é inserido dentro da tag body do arquivo HMTL e informa ao aplicativo sobre o nome do arquivo XML de configuração (config.xml) e as dimensões (750 x 390 pixels) em que a janela do applet deve ser exibida.

<applet codebase =.
code = org.alov.viewer.SarApplet
archive = alov_applet.jar
width=750 height=390 align=“center”>
<param name=“pid” value=config.xml” />
</applet>

2. Código XML

O código XML fornece parâmetros importantes para a aplicação, tais como retângulo envolvente, propriedades visuais do dado  a ser publicado, etc. Para mais detalhes sobre as tags mostradas no código, consulte o primeiro tutorial da série sobre o Alov Map.

Será neste arquivo XML que iremos adicionar parâmetros que habilitarão a função de consulta.

<?xml version=”1.0″ encoding=”ISO-8859-1″?>
<project  zoomunits=“km” mapunits=“degrees”>
<domain name=“Cidade Geotecnológica” full=“yes” xmin=“601801” ymin=“8278462” xmax=“602812” ymax=“8279474” />
<map name=“Divisão por Quadras”index=“m1” />
<layer name=“Município” visible=“yes” showlegend=“yes” zoom=“50”>
<dataset url=“shp/municipio_quadras.zip” />
<renderer map=“m1” showlegend=“yes”>
<symbol fill=“255:209:164”outline=“0:0:0” />
</renderer>
</layer>
</project>

Bem, de posse dessas informações veremos agora como habilitar o modo de consulta do Alov Map. Sem estas alteraçõs o campo para digitação dos valores para pesquisa permanece bloqueado, inativo.

Habilitando a Função de Pesquisa

Para que a função de consulta possa ser ativada teremos que alterar um pouco o código XML ilustrado acima.

Note o trecho: <dataset url=“shp/municipio_quadras.zip” />. Teremos que eliminar o fechamento do parâmetro dataset url (/>), fazemos isso apagando a barra /.

Na próxima linha inserimos os seguintes parâmetros (Os trechos entre “<!–  –>” são apenas comentários explicativos, e portanto não fazem parte do código):

<!– Inicio do parâmetro metadata –>

<metadata>

<!– O campo que será pesquisado (ID_QUADRA_) –>

<meta id=“51” content=“ID_QUADRA_” />

<!– Fim do parâmetro metadata –>

</metadata>

<!– Fechamento do parâmetro dataset (Antes apagamos o fechamento) –>

</dataset>

Ou seja, o código XML final ficaria assim:

<?xml version=”1.0″ encoding=”ISO-8859-1″?>
<project  zoomunits=
“km” mapunits=“degrees”>
<domain name=“Cidade Geotecnológica” full=“yes” xmin=“601801” ymin=“8278462” xmax=“602812”ymax=“8279474” />
<map name=“Divisão por Quadras” index=“m1” />
<layer name=“Município” visible=“yes” showlegend=“yes” zoom=“50”>
<dataset url=“shp/municipio_quadras.zip”>
<metadata>
<meta id=“51” content=“ID_QUADRA_” />
</metadata>
</dataset>
<renderer map=
“m1” showlegend=“yes”>
<symbol fill=“255:209:164” outline=“0:0:0” />
</renderer>
</layer>
</project>

Ao inserir este código não apenas a caixa de pesquisa fica habilitada, mas também ao passar o ponteiro do mouse sobre as entidades é exibido o conteúdo do campo escolhido para pesquisa.

Consulta no Alov Map

Caso deseje praticar, estou disponibilizando aqui o link para download do shapefile utilizado nos procedimentos descritos acima. Você pode acessar as outras postagens sobre o Alov Map clicando aqui ou no Portal ClickGeo.

Espero que esta postagem ajude quem está usando este programa. Não deixe de participar da consulta aos leitores. Quero ouvir sua opinião.

Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

1 comentário


  1. boa tarde. eu comecei a utilizar o ALOV MAP após ler sobre ele aqui no seu site.

    Depois do programa atender as minhas expectativas, ficou uma dúvida é possível eu fazer uma busca por coordenadas?

    muito abrigado.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *