Como Abrir um Esri Personal Geodatabase no QGIS

Como Abrir um Esri GeodatabaseRecentemente o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) disponibilizou em seu site oficial a nova versão da Base Cartográfica Contínua do Brasil, desta vez na escala 1:250.000. Na prática isso significa que 1 cm no mapa corresponde a 2,5km na realidade. Aprenda neste tutorial como trabalhar com estes dados, que estão disponíveis no formato Geodatabase, no QGIS.

Algo que preocupou diversos usuários de softwares livres de Geoprocessamento, foi o fato desta nova base cartográfica do IBGE ter sido disponibilizada no formato Esri Personal Geodatabase (extensão .mdb), que é um formato proprietário de arquivo, nativo para o pacote ArcGIS.

Mas neste tutorial iremos aprender como abrir a base cartográfica do IBGE no QGIS. Você verá que é bem simples este processo.

DOWNLOAD DA BASE CARTOGRÁFICA DO IBGE (1:250.000)

Primeiramente vamos tratar de fazer o download de nossos dados geográficos a partir do site do IBGE. Acesse o link abaixo, baixe os arquivos compactados e extraia os arquivos em seu computador.

Depois de obter a base cartográfica, siga os seguintes passos.

ABRINDO UM GEODATABASE NO QGIS

Acesse o ícone Adicionar camada vetorial (destacado na imagem abaixo) ou use o atalho Ctrl+Shift+V ou ainda o menu:

  • CamadaAdicionar camada vetorial…

QGIS: Adicionar Camada Vetorial

Na janela a seguir, clique em Buscar.

Adicionar camada vetorial

No filtro do tipo de arquivo escolha a opção Esri Personal Geodatabase. Selecione os arquivos desejados (neste exemplo vamos selecionar apenas alguns dos mostrados na imagem) e depois clique em Abrir.

Selecione Esri Geodatabase

Aparecerão várias janelas para que se selecione quais camadas vetoriais presentes no Personal Geodatabase. A imagem abaixo ilustra apenas uma delas.

Selecione camadas vetoriais para adicionar

A seguir, ilustramos a visualização no QGIS de algumas camadas vetoriais armazenadas no Esri Personal Geodatabase.

Esri Personal Geodatabase no QGIS

OBS: Até o momento desta publicação ir ao ar ainda não era possível editar de forma direta através do QGIS os dados do Geodatabase (pelos testes que pude realizar). Entretanto é plenamente possível salvar uma cópia da camada vetorial em um formato editável, tal como o ainda popular shapefile. Para isso basta clicar com o botão direito sobre a camada e escolher a opção Salvar como… e escolher o formato Esri Shapefile.

Leia mais sobre o QGIS nas matérias abaixo indicadas:

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

39 Comentários


  1. Boa tarde!

    Parabéns pela video aula. Mas quando vou abrir o arquivo de shp baixado do site do incra, aparece a seguinte mensagem.

    Fonte de Dados Inválida: C:\Users\Rorras Moura\Downloads\imoveiscertificados_privado.shp não é uma fonte de dados reconhecida.

    Responder

      1. Bom dia! só tinha baixado o arquivo .shp e na aula de hoje foi a primeira explicação do prof. falando que os arquivos devem sempre andar juntos.
        Muito obrigado!

        Sobre os dados do INCRA eu consigo o pontos dos lotes dos assentamentos pela internet ou só solicitando o órgão?

        att,

        Responder

  2. Sir.
    How to create geometry type(point,line,polygon) on esri personal geodatabase *.mdb?
    What keywords or code needs to know gemetry type on ms access *.mdb?
    As WKT on CSV, keywords or code( point(),linestring(),polygon() )can use but
    I can’t use on *.mdb, what software need?
    Please.

    Responder

  3. Fonte de Dados Inválida: D:\_Incra\_Certificadas_20_05_2016\Sigef_171899\certificada_sigef(4).shp não é uma fonte de dados reconhecida

    Responder

  4. Muito bom o seu material!
    Tenho uma dúvida e agradeceria se você pudesse ajudar!
    Estou elaborando um projeto cujos dados devem estar na estrutura da EDGV.
    Entendo que para estar nos padrões da EDGV devemos seguir exatamente o que consta nas especificações, isto é, nome da classe, nome do campo, tamanho, etc.

    Estou criando os arquivos em formato shapefile, ao adicionar um campo exigido pela EDGV, por exemplo “geometriaAproximada”, contém 19 caracteres, mas o shapefile só aceita como título de campo até 10 caracteres, ficando como “geometriaA”.

    Perante a INDE estaria incorreto deixar assim? Há alguma maneira de solucionar essa questão com o shapefile?

    Obrigada!!!!

    Responder

  5. Boa tarde, Anderson parabéns pelo trabalho, tenho uma dúvida, é possivel fazer o contrario, transferir um arquivo do QGIS para o ArcGis ?

    Obrigado

    Responder

  6. Sr.Anderson

    Primeiramente quero agradecer outra vez pela rapidez em responder minhas dúvidas, como o material a mim fornecido!!

    Aquele material foi muito útil, a qual me fez conhecer mais por dentro do programa!!

    Mas assim depois de ter desinstalado e instalado o programa,como sugerido pelo guia me enviado, o mesmo problema referente aos dados “mdb” continua acontecer quando tendo adicionar

    “Fonte de Dados Inválida: C:\Users\geo\Downloads\TUTORIAL DE GIS\QGIS\curso Basic\Como Abrir um Esri Personal Geodatabase no QGIS\Transporte\Transporte.mdb não é uma fonte de dados reconhecida ”

    Mas as outras atividades que o companheiro nos sugere, estão sendo realizadas com Sucesso..

    Aqui peço encarecidamente uma ajuda para resolver este problema.

    Att.
    Felipe

    Responder

  7. Prezado Sr. Anderson Medeiros

    Primeiramente quero lhe agradecer por ser uma grande fonte de ajuda no entendimento do uso de programas GIS.

    No momento devido a um problema em que meu computador foi para assistência técnica e a empresa conseguiu apagar meu ArcGis e o AutoCad de uma vez, me rendi aos software Open open source como o “QGIS” a qual me vem surpreendendo.

    Mas estou na fase de aprendizagem no “QGIS 2.2 Valmeira” suas dicas tem ajudado muito!

    Nisto estava fazendo esta atividade por você sugerida em seu site :
    “Como Abrir um Esri Personal Geodatabase no QGIS”

    Olha eu tentei de várias maneiras importar os arquivos do IBGE sugeridos por você,mas não obtive nenhum sucesso.

    Minha máquina possui é um Windowns 7”

    Também lê abaixo os comentários, mas mesmo assim não obtive sucesso.
    Aqui peço encarecidamente uma ajuda para resolver este problema.

    Att.
    Felipe

    Responder

      1. Olá Anderson, primeiro parabéns pela iniciativa. Segundo estou com o mesmo problema apresentado pelos colegas, diz que não estou em um diretório válido, como posso incluir a base?

        Responder

  8. Anderson,
    estou com o mesmo problema que o pessoal citou acima, o QGIS não reconhece o arquivo.
    Já abri arquivo personal geodatabase no QGIS mas nesta versão (QGIS 2.2 Valmiera) não esta sendo possível.

    Testei com o arquivo do IBGE e de outras fontes e gerou o mesmo erro.

    Qual alternativa de banco de dados você sugere para trabalhar tanto no windows (com integração ao MS Office) quanto no Android, de forma a funcionar offline?

    O que me fez migrar de outros sistemas para o Qgis é esta possibilidade de trabalhar offline no Android, entretanto hoje só consigo através de shapefile.

    Agradeço pelo seu blog, pois o mesmo já me ajudou muito quanto a novas tecnologias bem como processos, você esta de parabéns.

    Responder

  9. Oi Anderson

    estou com o mesmo problema do Wagner Bersani.

    o programa identifica como sendo arquivo mdb
    mas na hora que se pede para abrir ele diz que
    c:\Localidade.mdb não é uma fonte de dados reconhecida.

    o que será?

    abs.
    Adilson

    Responder

  10. O tutorial mostra como abrir Personal Geodatabase (MDB), mas tambem abre File Geodatabase (gdb)??????????????????????

    Responder

  11. Tentei da mesma forma do tutorial, no Quantum Gis versão lisboa eu utilizava corriqueiramente bancos de dados MDB, mas na versão 2.0 e 2.1 estou passando pelo mesmo problema do Wagner, atualmente utilizo as duas versões, a 1.8 para gerar os dados e a 2.0 para finalizar os mapas, testei várias opções mas ainda não consegui abrir os dados.

    Responder

  12. Anderson,

    Instalei o QGIS 2.0.1-Dufour no SO Windows 7 64b.
    Quando tento carregar algum arquivo do IBGE, recebo a mensagem:
    Fonte de Dados Inválida: c:\Localidade.mdb não é uma fonte de dados reconhecida.

    Você tem ideia do que pode ser?

    Abraço

    Responder

      1. Obrigado pelo retorno, mas continuo recebendo a mesma mensagem.

        Abraço

        Responder

  13. Oi Anderson, não rolou no Dofour 2.0.1 não sei porque pois as instruções são extremamente simples. Existe algum plug-in específico instalado na sua máquina?
    Grato.

    Responder

  14. Alguem ja testou com um personal geodatabase que não seja o do IBGE, deu certo ?

    Responder

    1. Jefferson, como vai?
      Pessoalmente esta foi a primeira vez que tive necessidade de trabalhar com Geodatabase no QGIS. Assim, não fiz testes com outros arquivos.
      Abraço!

      Responder

    2. Testei com um geodatabase que costumava utilizar na versão 1.8, mas infelizmente apareceu a mensagem informando que o arquivo não é válido, testei de várias formas, até formatei o pc, mas infelizmente até agora não consegui resolver o problema.

      Responder

  15. Boa dica Anderson. Parabéns!
    Só não se justifica o fato de o IBGE disponibilizar esse tipo de dado em um formato proprietário (e olha que eu uso ESRI hein?!). Isso não tem explicação, sinceramente!

    Abraço,

    Alexandre

    Responder

  16. Caro Anderson,
    Sou Geomensor, credenciado no INCRA para Georreferenciamento de imóveis rurais. Com a chegada da 3ª norma técnica, fica vedada a utilização de bases cartográficas em meio analógico ou digitalizados. Só poderão ser utilizados bases cartográfdicas originalmente nos formato raster ou vetorial. Com objetivo de coleta de coordenadas dos pontos inacessíveis de divisa natural. O método e a precisão posicional definirão a sua aplicação de acordo com o tipo de limite. Na impossibilidade de identificação do método de posicionamento usado na feição de interesse, considera-se o valor de precisão aquele correspondente à escala de representação do produto cartográfico. Os padrões de precisão são: limites inacessíveis (melhor ou igual a 7,50m).
    Você poderia me informar como fazer isso no QGis? Trabalho no sul do Piauí onde a topografia local é característica de chapadas onde os limites de propriedades são quase sempre nas escarpas de serras de difícil acesso. Se eu conseguisse fazer isso uma vez para a minha região, poderia sempre utilizar a mesma base? Como devo proceder? Cordialmente, Adriano.

    Responder

  17. Ótima dica Anderson. Não sabia que já era possível abrir um MDB no QGIS. Um forte abraço.

    Responder

    1. Também não sabia… por isso me surpreendo cada vez mais com o QGIS!

      Responder

    2. Oi Esdras. Obrigado pelo comentário.
      Quando descobri essa possibilidade ela me foi bastante útil. O lançamento da nova base do IBGE me lembrou de como seria importante compartilhar essa informação.
      Forte abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *