Trabalhando com Direção e Mergulho de Camada no ArcGIS

Direção e Mergulho de Camada no ArcGISDe acordo com o Glossário Geológico do IBGE (1999), fratura é a descontinuidade que aparece isoladamente em uma massa rochosa, não correspondendo nem a uma junta nem a uma falha. As fraturas são espacialmente identificadas através das informações de sua direção e mergulho de camada, que constituem a altitude do plano de fratura.Você já conhecia estes conceitos? Veremos neste tutorial como utilizá-los no ambiente do ArcGIS.

Este tutorial é um Guest Post elaborado por Vanessa Cecília Benavides Silva, natural de Santiago/Veráguas Panamá. Possui graduação em Geografia e Análise Ambiental (2011) e especialização em Gestão Ambiental e Geoprocessamento (2012), ambos pelo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte – UniBH. Atualmente é Analista GIS e ministra cursos GIS. Tem experiência na área de Análise Ambiental e de Geoprocessamento, na elaboração de mapas em geral e de base de dados para projetos diversos e monitoria de SIG no UniBH.

CONCEITOS TÉCNICOS IMPORTANTES

Leia Também: 100 Tutoriais em Português sobre o Software ArcGIS

É importante que tenhamos bem claros na mente os seguintes conceitos:

  • Direção: Orientação em relação ao norte, de uma linha resultante da interseção da superfície ou plano de uma camada com um plano horizontal imaginário;
  • Mergulho: Ângulo diedro entre o plano de uma camada e um plano horizontal. O mergulho é medido em um plano vertical imaginário perpendicular à direção da camada (Glossário Geológico IBGE, 1999).

As camadas horizontais apresentam inclinação (ou mergulho) de 0º e as verticais de 90º. O mergulho é perpendicular à direção da camada.

A maneira de enunciar a direção é: “N” (Norte), seguido do ângulo formado entre a linha de interseção e a linha que aponta o norte, e seguido de “E” (Lestes) ou “W” (Oeste), conforme o quadrante para o qual essa linha está voltada. O mergulho é enunciado pelo ângulo seguido do quadrante. Ex.: 45 SW (PERONI, Rodrigo. Geologia Física. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2003).

Direção e Mergulho

(Fonte: http://www.ufjf.br/nugeo/files/2009/11/Geologia-Cap9.pdf)

As informações de estruturas geológicas podem ser representadas tanto como pontos quanto linhas.

No caso dos pontos, a informação de direção e mergulho da camada deve ser representada considerando seu ângulo, de maneira que a informação seja corretamente interpretada.

PROCEDIMENTOS NO ARCGIS

Adicione o arquivo de ponto das estruturas no ArcMap e alterar a simbologia conforme padrão de geologia;

Observe que todos os pontos encontram-se na mesma direção.

Adicionar o arquivo de ponto das estruturas no ArcMap e alterar a simbologia conforme padrão de geologia

Verifique se as informações de Mergulho e Direção de Mergulho encontram-se na tabela de atributos:

Mergulho e Direção de Mergulho

Para alteração a direção dos pontos de acordo com as informações da tabela de atributos, é necessário rotacionar os pontos, para isso:

Abrir as propriedades do shapefile, clique com o direito no nome da camada em:

  • Table Of Contents > Properties > Symbology > Features/Categories > Advanced > Rotation

Na janela que se abre, na opção Rotation Points byAngle in this Field, marcar a opção da tabela de atributos que apresenta as informações de direção de mergulho (0º a 360º).

Rotation Points by Angle in this Field

Os pontos serão rotacionados, cabe ao usuário inserir o Label correspondente à coluna com os dados de ângulo de mergulho (0º a 90º) e o dado será corretamente especializado no ArcGIS:

Label correspondente à coluna com os dados de ângulo de mergulho

Corretamente especializado no ArcGIS

Resumindo o procedimento, temos:

Trabalhando com Direção e Mergulho de Camada no ArcGIS

O que vocês acharam deste material? Gostaria de pedir que deixassem seus comentários e, se desejarem, façam o download da versão em PDF, disponível no link abaixo:

  • [download id=”61″]

Leia outras dicas sobre Sistemas de Informações Geográficas (SIG):

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

11 Comentários


  1. Bom dia Anderson.

    Você possui o arquivo de fontes da cprm para inserção dos símbolos?

    Obrigado

    Responder

  2. Olá Anderson ,
    Gostaria de saber se existe uma ferramenta que inverte a direção de criação de uma polyline?
    Ex: Uma polyline em direção a norte os números ficam, 1,2,3,4,5…
    e quando direção Sul os números ficam ,5,4,3,2,1…usando o auto increment do Python.

    Responder

  3. Olá Anderson…

    Utilizei a técnica para orientação de fotografias de relatório de campo, deu certinho.

    Abraços.
    Bruno.

    Responder

  4. Adorei os tutoriais, eles de facto sao uma maravilha para quem trabalha com sigs. Parabens

    Responder

  5. Muito Bom!
    Parabéns à autora. Compartilhar conhecimentos faz parte do viver cidadão.

    Responder

      1. Aprezado Bernardo.

        obrigado por a informacao feitano site, mais tenho uma comsulta, a posicao do numero e correito quando ela tem so direcao, o sempre o requerimento no Arc Gis es sempre obter na tabela primero no direcao do mergulho…

        muito obrigado

        Ruben

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *