Como Criar Plugins Python para o Quantum GIS

O Quantum GIS (QGIS) é um dos softwares livres de SIG mais populares. Desde que seu projeto foi iniciado em 2002 os avanços foram impressionantes! Tudo isso é mérito da comunidade de desenvolvedores, inúmeros voluntários ao redor do globo, que vem trabalhando arduamente para melhorar cada vez mais o programa.

Logo que comecei a trabalhar com o Quantum GIS há alguns anos achei interessante o fato dele, diferente de outros programas como o Kosmo por exemplo, ter suporte aos arquivos do formato TAB, que são nativos do software proprietário MapInfo.

Hoje em sua versão 1.7.x, o Quantum GIS tem funcionalidades ainda não alcançadas por softwares igualmente populares, como o gvSIG. Um caso que ilustra isso é a operação de reprojeção de shapefiles que ao ser realizada no QGIS gera um arquivo de extensão PRJ, arquivo este que muitas vezes é exigido por outros programas para que o shapefile seja reconhecido.

Descubra como Desenvolver em Python para o Quantum Gis

Bem, mas vamos falar do assunto chave dessa postagem, como programar e criar extensões para o QGIS?

COMO PROGRAMAR E CRIAR EXTENSÕES PARA O QGIS

O Quantum GIS é desenvolvido na linguagem C++, e pode ser extendido usando linguagem Python.

Uma dica interessante é a existência de uma espécie de “livro de receitas”, um passo a passo detalhado de como extender o Quantum GIS utilizando Python.

Como algumas pessoas entraram em contato comigo com dúvidas sobre este assunto, decidi postar aqui a dica. Você pode acessar o endereço desta publicação (em inglês) clicando aqui.

Os principais itens do conteúdo do PyQGIS Developer Cookbook são:

  • Introdução
  • Console Python
  • Plugins Python
  • Aplicações Python
  • Carregando Camadas
  • Layers Vetoriais
  • Layers Matriciais
  • Mapa de Registro do Layer
  • Usando Layers Raster
  • Consulta de atributos
  • Usando camadas Vetoriais
  • Usando Índice Espacial
  • Escrever Shapefiles
  • Manipulando Geometrias
  • Projeções de Apoio
  • Os sistemas de coordenadas de referência
  • Projeções
  • Mapa de renderização e impressão
  • Saída usando Map Composer
  • Expressões de filtragem e cálculo dos valores
  • Analisando Expressões
  • Avaliando Expressões
  • Medição
  • Desenvolvendo Plugins Python
  • Escrevendo um plugin
  • Criando os arquivos necessários
  • Escrever código
  • Documentação
  • Trechos de código
  • Ensaio
  • Disponibilizar o plugin

Bastante completo, não é verdade? Fica ai a dica.

Aproveite para ler esta matéria relacionada com os plugins Python para QGIS:

E você? Já teve alguma experiência no desenvolvimento de plugins para algum programa? Conte sua experiência nos comentários.

Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

8 Comments on “Como Criar Plugins Python para o Quantum GIS”

  1. Pessoal,

    Na Python Brasil, início de Outubro em Brasília, vou palestrar cujo o título é “Construindo suas ferramentas no QGIS usando Python.”, nessa palestra vou mostrar como podemos usar Python no QGIS, personalizando a camada vetorial (ações, anotações, formulário de entrada de dados, … ), console Python e como podemos criar plugins em Python.

    Para desenvolver plugins p/ o QGIS em Python, aconselho a fazer os estudos separadamente:
    1) Linguagem Python
    2) Eclipse com Pydev (IDE para o desenvolvimento em Python)
    3) QtDesigner p/ fazer as interfaces (arquivos UI)
    4) PyQt para “experimentar” a API do Qt
    5) API do QGIS, experimentando via console do QGIS
    6) Cookbook p/ Plugin do QGIS.

    No mais, boa sorte na programação p/ QGIS

    1. Yago Santana disse:

      Luiz, gostaria de saber se você têm interesse em dá aula particular de desenvolvimento de plugins no QGIS?

  2. thelma vilas boas disse:

    Olá Anderson

    sou artista e estou interessada em desenvolver um plugin para um projeto de arte.

    poderia lhe explicar meu trabalho em ambiente restrito para ouvir suas considerações e indicações de possíveis parceiros ?

    muito obrigada

    Thelma

  3. Marcos Abreu disse:

    Excelente postagem!
    Era o que eu realmente precisava para aprender a gerar plugins… To com uma necessidade de gerar algumas extensões em meu doutorado… assim que houver resultados, divulgarei para a comunidade!
    Valeu, Anderson…

    1. Vitor Dell Ducas disse:

      Olá Marcos, você conseguiu algum avanço com plugin em python?

      Consigo desenvolver programas em Python puro, mas ao utilizar os métodos PyQt4 e Qsg encontro muita dificuldade, principalmente por falta de documentação.

      Alguma dica?

      Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *