Conheça o Conversor Dxf2xyz

Você costuma trabalhar com dados de altimetria em seus projetos? Se este for o caso, você gostará especialmente desta dica. Apresento para vocês um conversor gratuito (mas não open source) que converte arquivos DXF, contendo dados altimétricos para arquivos de texto de formatos comuns como o ASC (*.asc) e o DAT (*.dat). Os dados são organizados em três colunas do tipo XYZ. Estou me referindo ao utilitário Dxf2xyz.

Este utilitário gratuito foi desenvolvido pela Guthrie, a qual desenvolve ferramentas para projetos envolvendo as tecnologias CAD e GIS.  No site é possível encontrar outros interessantes conversores, sendo a grande maioria comerciais.

É importante destacar que a ferramenta se limita a conversão das seguintes entidades: Point, line, polyline / Vertex, lwpolyline (em resumo: pontos ou curvas de nível). Estes arquivos devem estar salvos na versão 2002 ou anteriores.

Para baixar o leve arquivo, acesse a página oficial de download do Dxf2xyz clicando aqui (0.75MB).

Sinceramente, esta pode não ser a melhor ferramenta para realização deste procedimento. Mas é sempre importante conhercer estas ferramentas que podem lhe dar uma força na hora do aperto.

Leia também:

Deixem seus comentários.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

10 Comments on “Conheça o Conversor Dxf2xyz”

  1. Anderson

    bom dia

    Como faço para converter arquivo dxf -autocad para shape file. ????

    Obrigado

    1. Oi Cristiano,
      Recomendo que use o QGIS para isso. Ok?
      Você abre o DXF nele e escolhe a opção “Salvar Como…” e escolhe o formato desejado.
      Abraço!

  2. Caso alguém utilize Microstation, também é possível a conversão a partir da ferramenta XYZ TEXT – EXPORT COORDINATES.

  3. Edmar Busana disse:

    Esse aplicativo ajudou na criação de tabelas, onde transformou-se coordenada UTM para geografica e posteriormente serem lidas com o google maps API. Obrigado.

  4. Augusto Pombo disse:

    Convem lembrar que só aceita ficheiros DWG ou DXF em versões mais antigas. Tem de gravar os ficheiros em versão ACAD 2000.

      1. Augusto Pombo disse:

        Oi Anderson. Eu vi no site essa informação mas quiz enfatizar aqui para que alguém não venha a falar que não funciona, se os ficheiros forem salvos em versões mais recentes. Como o meu trabalho aqui em Portugal é em pontes e viadutos, esse programinha me dá as coordenadas de estruturas em 3D, tabuleiros, pilares, etc que me facilita o posicionamento da cofragem.

  5. Anderson Santos disse:

    Xará! Não conhecia esta ferramenta. Vou fazerr uns testes e qualquer coisa te incomodo pra me ajudar, ok?
    Bom fim de semana.

    1. Anderson, pode ficar a vontade de entrar em contato caso encontre problemas. Abraço e bom fim de semana para você também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *