Coleção de Ícones Significativos para Google Maps

Fiquei feliz ao perceber que o ano começou muito bem movimentado na GeoBlogosfera. Por exemplo, no blog do Marcello Benigno foi comentado sobre um projeto onde é disponibilizada uma coleção composta por 900 ícones gratuitos para usar como marcadores para PI (Pontos de Interesse) no Google Maps.

Você tanto pode colocá-los manualmente no Google Maps através da ferramenta “meus mapas”, ou automaticamente usando a API do GMaps.

Estes ícones expressam de modo mais significativo a localização de temas tais como restaurantes, meios de transporte, turismo, natureza, indústrias, cultura e entretenimento, entre outros.

MAP ICONS COLLECTIONO código fonte é distribuído segundo os termos da licença GNU/GPL.  Você pode localizar os ícones desejados facilmente, pois eles estão organizados por cores e codificados por categorias lógicas.

Acesse o endereço oficial do projeto, clicando aqui.

Um outro interessante projeto disponibilizado no Google Code é o wxGIS. Leia mais nesta postagem sobre esta ferramenta open source que possui caracteríticas semelhantes ao ArcToolBox e ao ArcCatalog do ArcGIS, da ESRI.

Com certeza, ambos projetos têm grande potencial de aplicação nos mais diversos ramos. Deixe seu comentário ou dúvidas sobre o assunto desta postagem.

@ClickGeoCurta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

Sobre Anderson Medeiros 984 Artigos
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

2 Comentário

  1. Meu espanto é de ver com mais admiração, os efeitos resolucionais que o GMaps tem com relação os cálculos na Base de Dados do Quantum GIS

  2. Hugo Vilarin disse:

    Opa… tem como depois você fazer um tutorial sobre a API do Google Maps?
    Abraço Grande

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*