Raio-X: Por Dentro do Formato GeoPackage

Por Dentro do Formato GeoPackage

Você já ouviu falar no formato GeoPackage? Neste artigo vamos falar sobre esta estrutura para armazenamento de dados geográficos que, por assim dizer, será o substituto do formato Esri Shapefile. Produzimos, inclusive, um vídeo sobre este assunto.

O QUE É O GEOPACKAGE?

Se você trabalha com Geotecnologias (ou estuda o assunto) mesmo que há pouco tempo, sem dúvida já ouviu falar muito dos famosos arquivos shapefile. Não é mesmo?

Este formato, criado pela empresa Esri, é utilizado no mundo todo há cerca de 20 anos (sua documentação oficial data de julho de 1998). Embora ele ainda seja o formato mais usado no mundo quando o assunto é dados geográficos, ele não é a melhor solução tecnológica para isso.

O shapefile possui sérias limitações que impedem sua utilização em soluções corporativas. O GeoPackage tem a possibilidade de contornar este problema.

No vídeo abaixo você confere as principais características do formato GeoPackage. Caso não esteja visualizando o vídeo, acesse diretamente em nosso Canal no Youtube (clique aqui).

Em resumo, o GeoPackage é um formato aberto para armazenamento de dados espaciais desenvolvido pelo Open Geoespacial Consortium (OGC).

SUPER DICA: O Canal GeoCast Brasil dia 25 de abril de 2018 fez Live falando mais detalhes sobre Shapefile x GeoPackage. Para assistir, acesse o vídeo no Canal do GeoCast e ative as notificações.

A extensão desses arquivos é *.gpkg. Podemos dizer que ele é comparável ao Geodatabase da plataforma Esri.

Ele funciona como um conjunto de especificações para armazenamento de dados geográficos dentro da estrutura de um banco de dados SQLite.

Uma grande vantagem dele em relação ao shapefile é que na sua condição de banco podemos armazenar vetores, dados matriciais, metadados, dados alfanumérico, entre outros aspectos internos da base.

O GeoPackage pode ser aberto e editado diretamente, sem precisar de conversões de dados ou arquivos de intercâmbio. Como mencionamos em nosso vídeo sobre as novidades do QGIS 3.0, ele agora é o formato padrão de gravação de dados no programa QGIS.

DOWNLOAD DO SLIDES DO VÍDEO

Quer fazer o download gratuito dos slides usados neste vídeo? Clique na imagem a seguir ou no link abaixo dela.

Raio-X: Por Dentro do Formato GeoPackage

 

Não esqueça de inscrever-se em nosso Canal do Youtube e ativar as notificações.

Aguardamos seus comentários, inclusive com sugestões de temas para novos artigos.

Cadastre-se Gratuitamente em nossa Lista VIP e receba nossas novidades por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Canal no Youtube para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias

Sobre Anderson Medeiros 991 Artigos
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

5 Comentário

  1. Olá Anderson,
    Sobre o Geopackege vai ter vídeos mostrando como abri-los no QGIS e como utilizá-los na confecção de mapas por exemplo?

  2. Quintino Pires disse:

    Ainda não percebi lá muito bem, aguardo para 25 de Abril o live.

  3. EMIR ORDACGI CALDEIRA disse:

    Anderson, mais uma vez parabéns pelo trabalho. Com certeza é importantíssimo um video com dicas de como utilizar o formato GeoPackage dentro do QGIS. Aguardo seu próximo video com esse conteúdo.

      • EMIR ORDACGI CALDEIRA disse:

        Anderson, obrigado pela atenção. Estou aguardando com interesse esses novos videos.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*