Análise Multicritério em SIG – Parte 1

GIS CriterialVocê já ouviu falar em Análise Multicritério? Esta técnica surgiu na década de 1960 para atender a demanda de um instrumento de apoio à decisão. É aplicada na análise comparativa de projetos alternativos ou medidas heterogêneas. Qual a importância deste método? Quais as vantagens de sua utilização no ambiente dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG)?

Estamos iniciando uma série de breves artigos onde iremos comentar de forma introdutória sobre alguns aspectos da Análise Multicritério e suas aplicações em SIG. Nesta primeira parte veremos o que é esta técnica em termos gerais, quais são seus objetivos e quando ela pode ser aplicada.

O QUE É ANÁLISE MULTICRITÉRIO?

Por meio da utilização de análise multicritério podemos considerar ao mesmo tempo diversos critérios no estudo de uma situação complexa. Esse método é destinado para ajudar os os responsáveis pela tomada de decisão a integrar diferentes opções nas suas ações, refletindo assim sobre os possíveis efeitos de diferentes agentes envolvidos num quadro prospectivo ou retrospectivo.

Os resultados das análises realizadas são, na maioria dos casos, orientações para decisões de natureza operacional ou para a apresentação de recomendações para futuras atividades. A avaliação multicritério pode ser organizada com objetivo a produzir uma conclusão sintética simples no final da análise ou, pelo de forma oposta, com vista a produção de conclusões adaptadas às preferências e prioridades de diferentes parceiros.

QUAL O OBJETIVO DO USO DE ANÁLISE MULTICRITÉRIO?

Análise MulticritérioO objetivo focal da avaliação multi criterial consiste em estruturar e combinar as diferentes análises a ter em consideração no processo de tomada de decisão. Para que seja tomada a decisão sempre terá de se ter por base opções de escolha múltiplas e o tratamento dado a cada uma das escolhas condiciona, em grande medida, a decisão final.

A análise é empregada para retratar o raciocínio e as convicções subjetivas das diferentes partes interessadas (pessoas, instituições, fatores naturais, etc) sobre cada questão em particular. É, geralmente, usada para sintetizar opiniões expressadas, para determinar prioridades, para analisar situações de conflito, para formular recomendações ou proporcionar orientações de natureza operacional.

AVALIAÇÃO MULTICRITÉRIO: QUANDO DE APLICA?

Tenha bem em mente que quando falamos em análise multicritério estamos falando de um recurso/técnica de comparação, em que são levados em consideração, bastante criteriosa, diversos pontos de vista, sendo assim especialmente prático durante a formulação de uma conclusão sobre questões consideradas complexas.

A avaliação deste tipo pode ser aplicada com critérios de apreciação contraditórios ou quando for difícil a escolha entre os critérios.

No contexto das Geotecnologias podemos dar, como alguns exemplos gerais de aplicações desta técnica, os estudos relacionados ao planejamento e gestão ambiental como: definição de áreas mais adequadas para instalação de empreendimentos; análise de risco ambiental; planejamento de uso das terras e análise de sensibilidade ambiental.

===========================================================

O que acharam dessa primeira parte de nossa série? Quais são suas dúvidas sobre este tema? Aguardamos seus comentários. Em breve publicaremos a sequência desta matéria.

Não deixe de conferir os links abaixo que poderão ajudar a ampliar seus conhecimentos sobre SIG e análise espacial.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

15 Comentários


  1. Otima introdução à analise multicritério, gostei.
    Agora falta a Parte 2, e as demais, da Série… O que aconteceu que parou?

    Responder

  2. Parabéns Anderson,

    gostei muito do conteúdo. Estou trabalhando com a escolha de locais com potencial renovável. A principio utilizei a análise multicritério para determinar esses locais, porém agora entrarei com alguns indicares e atribuição de pesos. Estou analisando qual a melhor técnica para ser utilizada nesse caso. Teria algum material ou modelo para me indicar?

    Grata.

    Responder

  3. parabens muito interessante o assunto.
    tem alguma previsao para uma segunda parte da materia e sobre como realizar a analise no arcgis, Qgis?

    Responder

  4. Anderson,

    preciso fazer análise de benefícios projetos que possuem benefícios tangíveis e intangíveis, me orientaram a buscar analise multicritérios, você indicaria um livro ou artigo?

    Obrigada

    Responder

  5. Prezado Anderson,

    Comecei a acompanhar seu blog esse ano com o intuito de aprimorar meus conhecimentos, e oferecer um diferencial em meus serviços de consultoria ambiental.
    Os temas aqui abordados são muito relevantes, ainda mais por se fazerem executáveis, em sua maioria, em softwares livres. Parabéns pela iniciativa.
    Esse tema de análise multi criterial veio a calhar, pois em vários estudos que desenvolvo sempre introduzo mapas de sensibilidade e fragilidade ambiental na metodologia do Jurandyr Ross e outros autores no assunto. Se quiser podemos trocar ideias sobre o assunto.

    Grande abraço e aguardo a continuidade do assunto!

    Responder

  6. Olá Anderson! Parabéns pelos posts, sempre instrutivos. Gostaria de saber se a análise multicritério pode ser usada nos sigs livres (gvSIG/Qgis). Obrigado!

    Responder

  7. Oi, Anderson
    A análise multicritério tbém pode ser usada para estabelecer a “rota de menor custo” entre dois locais?
    Abç

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *